segunda-feira, 21 de julho de 2008

O que pensam Marcelo Arantes e outros sobre a 1ª rua gay de São Paulo

>>> Notícia do EGO:

Douglas Drumont está criando polêmica. O empresário e presidente da recém-criada Associação GLS Casarão Brasil ganhou destaque na edição desta segunda-feira, 21, no " SPTV " primeira edição. Douglas quer oficializar a Frei Caneca, no Centro de São Paulo, como a primeira rua gay da cidade. Para isso, ele pretende revitalizar toda área, ampliando calçadas e a iluminação para trazer mais opções de lazer para a região. A proposta depende da aprovação da Câmara dos vereadores.

A rua Frei Caneca foi escolhida porque há alguns anos lá aconteceu um “beijaço”, protesto contra o preconceito gay, depois que um casal de homossexuais foi repreendido por um segurança do shopping Freio Caneca ao se beijar na praça de alimentação. Veja o que Marcelo Arantes , Monique Evans , Andréia Albertini , Jean Wyllys e Bruno Chateaubriand pensam a respeito da criação da primeira rua gay de São Paulo. (...)

Marcelo Arantes - Psiquiatra
Acho que os gays precisam estar integrados em todas as ruas, mas se existe a intenção de se criar uma rua com produtos e serviços especializados para a comunidade gay, eu não sou contra, sou contra guetos. Se existe demanda não tem por que se opor. Pode ser prejudicial, poque por trás disso pode estar a intenção de formação de guetos. Acho desnecessário que se oficialize algo que restrinja a uma opção, os gays podem estar em todos os lugares.

(Essa notícia saiu sem imagens)

10 comentários:

Yara disse...

Bom dia Marlon, bom dia amigos fãs.
Olha estou de pleno acordo com as declarações do Marcelo.
Me lembro dos guetos criados na Alemamha, há muito tempo, para os judeus, foi um marco triste na história. Já pensou criar outros guetos, não!!
Ninguém precisa disso mais.
Marcelo está certo, muito certo em pensar desta forma. Não é saudável para ninguém!
Beijos gente!

terezinha disse...

Como sempre , ele dá opinioes centradas , pois ele saabe....

isabel de lima gomes disse...

Bom , quem foi perguntado foi o Dr Marcelo, mas vou deixar registrado aqui, o que penso. Concordo com o DR Marcelo , quando diz que gays devem e podem estar em qualquer lugar.Acho que delimitar um espaço gera mais preconceito e fere o direito de ir e vir do cidadão.Existem coisas mais objetivas que uma associaçao pode pleitear junto ao poder público,como a Assistencia médica para o dependente em planos de saúde, a uni~~ao estavel com divisão de patrimônio e pensão previdenciária, em caso de morte; o direito a adoção de crianças em igualdade de condiçoes como qualquer casal e mais ainda; O direito a pensão alimentícia ja,que acredito eu, como em qualquer relação deve ter tambem casos de oportunismo, que quano a doença e a pobreza batem a porta, o amor , a cumplicidade voam pela janela. Isabel páara. O Marlon vai acabar te bloqueando pelas suas asneiras., Beijos marlon, Dr marcelo e me desculpe por colocar minha opiniao. Beijos a todos do TOM

Kalmeron disse...

Oi Pessoal!
É Muito inteligente o pensamento do Dr. Marcelo, mas espero que tudo se resolva sem grandes problemas para todos!

Xero em vossos corações!

Marlon .* disse...

Isabel, toda opinião é bem vinda!
e você disse tudo que precisávamos saber!! concordo!!!

Abraços!

willian disse...

olha genti eu trabalho na câmara municipal daqui de sp minha tia é vereadora e eu acho dificil esse projeto ser aprovado se for vai virar uma zona a cidade concordo com o DR MARcelo mais não sou a favor dessa rua gay abraço a todos :D

Yara disse...

OI WILLIAN - LEMBRO QUE VOCE JÁ ESTEVE AQUI PEDINDO MAIORES INFORMAÇÕES DA ASSESSORIA DO MARCELO ARANTES.
ENTRA EM CONTATO NO EMAIL AO LADO, PARA A EQUIPE DO TODOS OS MINUTOS.

Yara disse...

Oi Marlon, bom dia.

O Willian é um visitante que sempre ele vem pedindo maiores informações da Assessoria de imprensa do Marcelo, tem como voce entrar com ele,( acho que é possivel pelo cadastro dele aqui).

Saber exatamente o que ele precisa!

Beijos.
Estou enviando um email agora para voce. Veja lá por favor.

Maurício disse...

Téo, eu e a Bahia amamos você, cara.

Muitas lições de vida eu aprendi com você, Téo, no BBB:

- Ame a Deus acima de todas as coisas;
- A oração é uma ligação com Deus e refrigera a alma;
- Tenho muitos vícios, sustento todos eles e não prejudico ninguém;
- Amor de pai e mãe não tem preço, amo-os acima de tudo nesta vida;
- Posso estar no lugar mais maravilhoso do mundo, mas o meu quarto é o melhor lugar e meus cachorros uma das maiores companhias;
- O livro é o melhor amigo do homem;
- Minha família é minha fortaleza;
- Se você passar na vida querendo sempre agradar os outros, esquece de agradar a si mesmo;
- Ser feliz é ter amor próprio e seguir suas intuições;
- Goze, sorria diante das adversidades que a vida lhe apresentar e nunca se abata por muito tempo por elas;
- Se a vida é um teatro, não ensaie. Faça. O tempo é agora;
- Ame a si mesmo acima de tudo, somente assim você poderá amar ao próximo e ser feliz;
- Não reprima suas emoções e sentimentos, senão elas reprimirão você;
- Sou diferente. Sabe por quê? Por que sou E S P E C I A L.
P.S.: Téo, eu acompanhei toda sua trajetória dentro do BBB e em todas as entrevistas e reportagens na mídia. Vou continuar esperando pacientemente que você ainda me aceite na sua Rede de Amigos do Orkut. O convite está lá pendente ainda. Um forte abraço para você, Teo. Deus lhe abençoe. Você é um grande homem.

Bethy-Ctba disse...

Concordo com o Marcelo.
Os gays podem e TEM O DIREITO de estar em todos os lugares.

Discordo da criação de uma rua especial para eles.
Acho que isso, seria mais uma forma de discriminação e não o contrário.

Se assim fosse, teriam que criar uma rua ou espaço, tbm para os negros, para os travestis, para os gordos... nossa, tem muita gente que sofre discriminação e criar um espaço só para eles, para mim é o mesmo que concordar, que eles não podem circular livremente EM TODOS OS AMBIENTES, o que é um absurdo! Afinal, todos pagam impostos (os mais absurdos nesse pais) e só conseguiremos nos livrar dos preconceitos, fazendo com que toda a sociedade, conviva e respeite todos, como cidadãos brasileiros, indepedentemente de raça, de orientação sexual, de religião, etc..

Os gays, não precisam de uma rua só para eles, já que tem o direito de transitar livremente em todas as ruas, afinal, vivemos num país
livre e democrático, e quem não entende, ou não aceita isso, está mais que na hora, de rever os seus
VELHOS E ULTRAPASSADOS conceitos.