domingo, 22 de fevereiro de 2009

"Do lado de fora é mais fácil julgar"

>>> Matéria publicada no site "Divirta-se":

http://www.new.divirta-se.uai.com.br/html/sessao_9/2009/02/22/ficha_mexerico/id_sessao=9&id_noticia=8038/ficha_mexerico.shtml

Do lado de fora é mais fácil julgar 
O polêmico Marcelo Arantes, que participou do Big brother Brasil 8, faz o diagnóstico dos novos concorrentes do reality show da Globo


Redação TV - Estado de Minas  

Psiquiatra e ex-BBB, Marcelo Arantes sabe o que fala quando se trata do programa. A reportagem pediu que ele analisasse cada jogador desta nona edição. Ele, que há um ano ficou conhecido como um dos mais polêmicos participantes do Big brother, vai lançar o livro A antietiqueta dos novos famosos. Confira a seguir o diagnóstico traçado pelo doutor. Ficaram de fora os eliminados e os dois novos "moradores", Maíra e André.

JOSIANESó e poderosa – "Josiane pode ser uma surpresa. Deve mostrar um lado que estamos ansiosos para ver, mais doce. Ela é bacana, articulada. Sozinha, pode mostrar a que veio, porque o relacionamento com o Ton (eliminado) foi prejudicial para os dois. Era um casal sem graça, foi visto como antiexemplo."

MIRLAAbajur da casa – "Mirla é uma pessoa repetitiva, de comportamento amarrado. Deve ser difícil conviver com ela. Só não é mais porque ela se esconde muito. Dizem que Mirla é um abajur, uma peça de decoração da casa. Mas esse perfil tem chance de ficar, porque o público não o rejeita. Pode ir longe, mas sem favoritismo."

FLÁVIOO carismático – "Flávio é inteligente, bom jogador, bem-humorado, um excelente personagem. Tem carisma e pouca rejeição. Quem convive deve gostar dele. É verdadeiro, leal, é o cara que as pessoas queriam ter como amigo. Faz o show dele, sem tirar o brilho dos outros. Um dos favoritos."

ANAIngênua. Será? – "A Ana é mostrada como jovem inocente, ingênua, só não sabemos se realmente é. Mas é determinada, espontânea. Vejo muito de Natália (do BBB 8) nela, isso é ponto forte. Ela encara os outros e não sei até onde isso vai. Na relação com Naiá, é mais ética. Tem uma relação de transferência, de mãe, de avó."

NAIÁÀ moda antiga – "A Naiá é uma senhora e, como tal, tem preconceitos mais arraigados. Isso, às vezes, a torna inconveniente. Mas está mais contida depois que o Bial deu suas 'dicas'. Só não sei se vai aguentar, e podem vê-la como chata. Acho que a relação com Ana é sincera, ela só é mais consciente do jogo."

FRANCINEA favorita, miss simpatia da edição – "Francine é engraçada, espontânea. Ela e o Max levam humor à casa. Não sei se é humor fabricado, mas está ali. É meio Pink (do BBB 5), o destaque da casa. A Fran é uma grande personagem, esperta. Só se discute o relacionamento com o Max. Ela o tem como amigo, embora o beije. O público espera muito dessa relação, e pode ficar frustrado por não ver a evolução disso."

MAXDe bobo alegre, Max não tem nada – "Max é parecido com Francine. É um tipo que agrada muito, ele chama gente para ligar a TV. Faz careta, brinca até com esse namoro. Às vezes, chega a ser medroso. Usa a tática de tentar agradar a todos. E pode perder nisso, poderia se impor mais, e não achar que vai ganhar se agradar a todo mundo. Mas ele não é um bobo-alegre nem tonto. É favorito, com Fran e Priscila."

PRISCILASem medo de ser chamada de vulgar – "A Priscila condensa personagens como Nati e Fani, de outras edições, na sensualidade, e usa isso como arma. Não é hipócrita, sabe que é sensual. Aproveita a casa, deve ser alguém legal com quem conviver. Mas tem sido condenada por ser vulgar. Não acho que isso pode prejudicá-la. Ela faz o que bem entende."

MILENAO papel da popular leva-e-traz – "Milena não tem jogado de forma muito ética. É a chamada leva-e-traz. Com o tempo, vão perceber isso. Mas a tática a ajuda a transitar por todos os grupos. Eu a coloco como uma das pessoas mais vulgares. Não é uma boa jogadora, é apagada, ainda vai ter de convencer o público. Precisa se sobressair."

RALFCandidato a vilão do BBB – "Sagaz, inteligente, Ralf tem o problema de se perder em explicações e se tornar chato. Mas demonstra força pessoal e poder de persuasão. Não é mau-caráter, só é pouco tolerante. O papel de vilão que era do Ton vai ficar para alguém e pode ser para ele, porque não é o bonzinho e não sabe construir laços."

Um comentário:

lisa disse...

tenho acompanhado o bbb9 pela internet ( Globo e DCPL)e alguns momentos os "ao vivo". Marcelo tem uma boa visão dos participantes, só discordo do perfil traçado para Milena...

DOC,
AGUARDANDO A FICÇÃO!!!!

BJ

LISA